Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Brasil tem maior número de desempregados de longa duração

O chamado desemprego de longa duração, que engloba as pessoas desempregadas há mais de dois anos, bateu recorde depois da pandemia do novo coronavírus, de acordo com informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nesse cenário, são 14,8 milhões de desempregados no 1º semestre de 2021, sendo quase 3,5 milhões de pessoas procuram vagas há 2 anos ou mais.

O recorde anterior havia sido registrado no 2º trimestre de 2019, quando foram vistos 3,347 milhões de trabalhadores sem emprego há pelo menos 2 anos. No começo de 2020, antes da pandemia, o Brasil tinha 3,075 milhões de desempregados de longa duração.

“O desemprego mais longo é resultado das duas últimas crises. A pandemia afetou diretamente o mercado de trabalho, mas já vínhamos em um momento que não era bom. Desde 2016, o Brasil tem mais de 11 milhões de desempregados [no total]”, disse o economista Rodolpho Tobler, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV Ibre).

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *