Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Brasil se tornou maior exportador de carne para a China em 5 anos

O Brasil se tornou o maior exportador de carne bovina para o mercado chinês, saindo da quinta para a primeira colocação em menos de cinco anos, segundo informações publicadas pela Sociedade Nacional da Agricultura (SNA). De acordo com Pâmela Andrade, engenheira agrônoma e analista de mercado da Scot Consultoria, em 2018, foram embarcadas 322,69 mil de toneladas de carne bovina brasileira, ou 31% das importações chinesas. 

“A China é a segunda importadora mundial de carne bovina. Em 2018 importou 1,04 milhão de toneladas de carne (MLA, 2019). A população chinesa representa 18,8% da população mundial, com 1,45 bilhão de pessoas (FAO). Ao analisarmos os principais exportadores de carne bovina para o país, notamos a crescente importância da carne brasileira para esse mercado”, afirmou ela. 

Depois do Brasil, o maior exportador para os asiáticos é o Uruguai exportou 218,55 mil toneladas durante o ano passado. Em terceiro lugar aparece a Argentina com 180,37 mil toneladas, “em seguida temos a Austrália e ocupando a quinta posição, a Nova Zelândia”. 

“Em relação à importância desse mercado para o Brasil, em 2018, 43% do volume total exportado de carne bovina brasileira foi destinado à China e Hong Kong, sendo 19% para a China e 24% para Hong Kong (ABIEC). Quanto ao faturamento a distribuição é diferente. Mesmo representando 24% do volume, a exportação para Hong Kong representou 21% do faturamento, enquanto a China representou 22% (ABIEC)”, concluiu a especialista. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *