Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Brasil conta com mais de 280 logtechs

Atualmente, o Brasil possui 283 logtechs, aquelas startups que oferecem soluções para logística, de acordo com um levantamento recém-publicado pela Distrito e KPMG. Esse resultado representa um ligeiro aumento em relação ao total de empresas mapeadas em 2019, que foi 279.

Segundo o portal especializado Whow!, desde 2011, essas startups receberam aportes de US$ 1,3 bilhão em um total de 100 rodadas de investimento. O destaque foi o ano de 2018, quando o iFood captou US$ 500 milhões e a Loggi, US$ 111 milhões.

O mapeamento distribui as logtechs em cinco categorias:

Gestão logística: soluções que melhoram a eficiência e segurança ou reinventam alguma atividade ou etapa na gestão do processo logístico com uso de analytics, internet das coisas e inteligência artificial.

Estoque: empresas que usam a tecnologia para gerenciar o armazém ou centro de distribuição, fluxo de estoque e atividades associadas ao pátio, como carregamento e descarregamento.

Entrega: melhora a eficiência dos serviços de entrega ao consumidor final por diversos modais, inclusive drones.

Logística reversa: serviços que fazem a intermediação da volta de um produto – resíduo ou embalagem – para a cadeia de suprimentos.

Marketplace de frete: soluções que atuam como intermediários entre fornecedores e embarcadores ou transportadores, sejam empresas ou motoristas autônomos.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *