Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Bolsa da China tem a maior queda desde 2020 

A Bolsa de Valores de Xangai, na China, acabou registrando a sua maior queda desde o ano de 2020, com um recuo de 5,13%, segundo informações divulgadas pelo Poder 360. No dia 3 de fevereiro de 2020 o índice recuou 7,72%. 

“O governo de Xangai implementou toque de recolher para a população como tentativa de baixar os altos números de novas infecções. A cidade mais populosa da China está com números de infecções em desaceleração, mas eles permanecem elevados. Autoridades proibiram que pessoas de algumas partes da região oeste da cidade saiam desses locais. O número de casos vem aumentando na região”, diz o portal especializado. 

Essa análise também impactou os índices europeus. “Às 10h17, o Dax (Alemanha) recuava 1,33%. No Reino Unido, o FTSE 100 caía 1,45%. A Bolsa de Valores de Xangai caiu mais de 19% no acumulado de 2022. A expectativa de alta mais agressiva nos juros dos Estados Unidos também contribui para o mau humor dos investidores”, conclui. 

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *