Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Auxílio emergencial aumenta renda dos mais pobres

Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que entre as famílias mais pobres o valor efetivamente recebido foi 24% superior ao habitual. O estudo usou dados da Pnad Covid mensal de julho, versão especial da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada na semana passada.

O Ipea comparou a “renda média habitualmente recebida” – o valor recebido mensalmente, sem acréscimos extraordinários, como bonificação anual, salário atrasado, horas extras, participação anual nos lucros, 13.º salário, etc., nem descontos ocasionais, como faltas – com a “renda média efetivamente recebida” – valor de fato recebido.

Nesse cenário, nas famílias da faixa de renda “muito baixa” (que ganham menos de R$ 900 por domicílio por mês, conforme classificação própria do Ipea), a renda média do trabalho foi de apenas R$ 360,52 por domicílio em julho. Esse valor equivale a 61% do rendimento habitual do trabalho dessas famílias, que ficou em R$ 595,03.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *