Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Atraso na colheita da soja congestiona portos e trava exportação

As fortes chuvas em alguns estados produtores de soja do Brasil têm congestionado os portos de Santos e Paranaguá, as duas maiores praças do País, fazendo com que se formassem grandes filas de navios à espera de embarque. Com isso, as exportações da commoditie estão travadas nesse momento.

Nas últimas duas semanas, o volume de soja programado para embarcar nos principais portos dobrou para 7 milhões de toneladas, segundo dados da agência Williams. “Assim que o clima ficar mais seco, os embarques vão acelerar, com o Brasil exportando grandes volumes” na primeira metade do ano, disse Pedro Dejneka, da MD Commodities.

Segundo a Bloomberg, em 30 de janeiro, o governo de Minas Gerais informou que 55 pessoas morreram em dois dias de inundações e deslizamentos de terra, deixando 30 mil desabrigados. EM outros lugares, no entanto, a seca causou perdas na produção de cana-de-açúcar, soja e também pecuária.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *