Insira sua pesquisa e pressione ENTER

América latina deve manter economia expansionista

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), uma agência da Organização das Nações Unidas (ONU), afirmou em relatório que a América Latina e o Caribe deveriam manter políticas fiscais e monetárias expansionistas para fazer frente ao impacto causado pela Covid-19. O documento destacou que os esforços fiscais anunciados em 2020 representaram em média 4,6% do PIB dos países da região.

“Junto com a persistência da pandemia e a dinâmica da vacinação, a capacidade de manter políticas fiscais e monetárias expansionistas gera maiores incertezas em relação ao crescimento econômico”, disse a Cepal.

A Cepal também considerou que os gastos fiscais devem servir não apenas para apoiar a demanda interna, mas também para promover o investimento intensivo em empregos, a transformação produtiva, bem como fortalecer e universalizar os sistemas de proteção social.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *