Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Alerta de desmatamento da Amazônia é o maior desde 2016

Os avisos de desmatamento para a Amazônia Legal bateram o terceiro recorde consecutivo e já são os maiores desde o ano de 2016, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Ipea). Nesse cenário, a área em alerta de devastação era de 1.180 km² até o último dia 28. O aumento ante 2020 é de 41%.

Essa região corresponde a 59% do território brasileiro e está presente em 8 Estados. Eles são Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, com parte do Maranhão. “A permanecer a tendência nos próximos 2 meses, a taxa oficial de desmatamento de 2021 (medida de agosto a julho) poderá terminar com uma inédita 4ª alta consecutiva. O comportamento da curva dependerá exclusivamente de quem hoje dá as cartas na região: o crime ambiental”, afirmou o Observatório do Clima.

“O desmatamento neste ano será o que os madeireiros ilegais, garimpeiros criminosos e grileiros quiserem que seja. E, neste momento, eles não têm nenhum motivo para se controlar, já que o próprio governo federal, que deveria coibir a ilegalidade, os incentiva com atos e discursos”, concluiu Marcio Astrini, secretário-executivo do Observatório do Clima.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *