Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Ajuda e autoajuda para enfrentar a pandemia – por Carla Rojas Braga

A quarentena é uma travessia no deserto.

Atravessa melhor quem tiver mais recursos psicológicos.

E como estamos vivendo numa época de muitos “especialistas” e eu sou especialista em dar palpites para o bem-estar das pessoas, estou aproveitando este espaço para dar algumas dicas de ajuda e autoajuda para enfrentar esse período difícil.

Uma pandemia estimula e justifica conteúdos psicológicos paranoicos, hipocondríacos e obsessivos e esse ambiente favorece ansiedade e depressão, porque a perda do controle sobre nossas vidas causa muita ansiedade.

Mas todo mundo está sofrendo um pouco e vai melhorar depois. Estranho, agora, é quem não estiver preocupado.

As relações voltarão ao normal conforme o grau de trauma durante esse período.

Tente ficar calmo.

Assim será menos traumático.

Não adianta se exasperar por situações nas quais você não tem culpa ou controle. Você só pode controlar aquilo que depende de você.

Em primeiro lugar, lembre-se que faça o que fizer, seu dia continuará tendo 24 horas. A sua vida, entretanto, será abreviada se você passar cada minuto desse tempo se preocupando com coisas que não dependem de você. Faça a sua parte, o que já é muito. Cuide-se.

Você pode aprender muitas coisas com seus erros, ao invés de gastar seu tempo os negando.

Aproveite o confinamento para pensar em mudar pra melhor.

Tudo dentro de você lutará contra a mudança. Mas o mundo mudou e todos nós precisamos mudar também.

A zona de conforto é um lugar bonito, mas ninguém cresce lá. Muita gente não muda de vida porque não quer sair da sua zona de desconforto.

Você não consegue controlar o que acontece com você na maioria do tempo, mas pode se esforçar para administrar melhor como lida com isso. Isso se chama inteligência emocional.

Se você quer os benefícios de alguma coisa na vida, você tem que arcar também com os custos. Ser feliz dá trabalho e não é para os fracos!

Principalmente em tempos de pandemia.

Não se apequene, mas qualquer pessoa que você conhece é melhor do que você em algo. E tudo bem com isso.

Se a aparência explicasse a essência, o sabor seria desnecessário. Certo?

Não se preocupe tanto com sua aparência externa nesse momento.

Conheça a você mesmo em profundidade. Só assim poderá conhecer o mundo. E essa é uma grande viagem: para a imensidão da sua essência. Compre o ticket e aproveite o percurso.

Todo mundo em casa, convivendo muito mais do que antes e aí aparececem aqueles conflitos e mágoas que estavam encobertos pela rotina de trabalho.

Muitos relacionamentos são mantidos pelo número de horas em que as pessoas não estão juntas. Como está o seu? Aproveite para resolver o que pode ser resolvido.

Não perca tempo com bobagens e picuinhas. Agora chegou a hora de mergulhar em profundidade na relação.

A pandemia está expondo o melhor e o pior de cada um de nós.

Tempo é seu bem mais precioso. Doe seu tempo a quem o merece.

Aproveite cada segundo. Saboreie cada momento. Eles não voltam nunca mais.

Viva cada dia como se fosse o primeiro.

Aprenda e apreenda cada momento para construir a sua história e terá orgulho dela.

Você vai ter muitas histórias para contar depois que tudo isso passar.

E vai passar.

One Comment

  • Elizabeth Dallagnol Kalil disse:

    Estou muito cansada…. exausta… esta semana me exauriu.., o que não é meu normal…. sou alegre por natureza, mas está danado este isolamento …. o que me anima é assistir Diego Casagrande…. ele é ótimo , sou “ radieira”.
    Assistir tv está ficando insuportável….com algumas exceções!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *