Insira sua pesquisa e pressione ENTER

ADVOGADOS PEDEM IDADE E EXPERIÊNCIA MÍNIMAS PARA JUÍZES 

A Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim) lançou uma campanha para apoiar projetos de lei que estabelecem que uma pessoa precisa ter dez anos de exercício da advocacia e não menos que 30 anos de idade para ser juiz ou juíza. A medida surge como uma reação ao pedido dos magistrados para acabar com o quinto constitucional, que garante a reserva de vagas nos tribunais a advogados e procuradores, que não precisam prestar concurso para ser magistrados. 

De acordo com o advogado Fernando Fernandes, em alguns casos os juízes são muito jovens para julgar casos cruciais. Segundo ele, a experiência deve ser fundamental para conseguir compreender a complexidade de temas como liberdade de pessoas e guarda de crianças, por exemplo. “Muitas vezes garotos julgam temas cruciais como separação, guarda de filho e a própria liberdade das pessoas. Precisamos mudar isso no Brasil”, comenta. 

A campanha ganhou força nas redes sociais após o plantonista do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Rogério Favretto, conceder um habeas corpus para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O desembargador havia chegado a corte em 2011, pelo quinto constitucional e indicado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *