Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Acordo entre Brasil e Índia pode acrescer US$ 21 bilhões nas exportações

A aproximação comercial entre Brasil e Índia vem se acelerando desde 2004 e um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) indicou que um acordo entre os dois países resultaria em um acréscimo de US$ 21 bilhões nas exportações brasileiras. Nesse cenário, o secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Lucas Ferraz, destacou a relevância estratégica da Índia como parceiro comercial no cenário global.

“A convergência comercial entre os dois países vai trazer maior competitividade e participação do Brasil na economia global. É um importante passo e que traz benefícios diretos aos dois países”, avaliou.

De acordo com o estudo, a redução das barreiras tarifárias entre os países deverá beneficiar o volume de exportações brasileiras, especialmente em setores como petróleo e gás, açúcar, derivados de minerais como ferro e aço, além do setor químico. “A Índia é um parceiro comercial estratégico atualmente na agenda de comércio exterior brasileira. Além de contribuir para um aumento do PIB, as projeções apontam um forte ganho nos indicadores de bem-estar social para a população de ambos os países”, observou o coordenador de Estudos em Relações Econômicas Internacionais do Ipea, Fernando Ribeiro.

“A relação comercial entre Índia e Mercosul é bastante limitada no número de setores e produtos, além de fornecer uma pequena margem de benefícios. Esses pontos ainda precisam ser debatidos antes de a proposta avançar”, considerou o coordenador de Intercâmbio e Cooperação Internacional do Ipea, Renato Baumann, que também lançou hoje publicação preliminar com outros pesquisadores do Instituto, intitulada ‘Brazil and India: Peculiar relationship with big potential’.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *