Insira sua pesquisa e pressione ENTER

A tese furada contra a CPI da Lava Toga

Os que não estão nem aí para o combate à corrupção – ou na verdade a favor dela ou ainda de outros interesses – espalham agora uma tese furadíssima de que a CPI da Lava Toga no Senado é inútil porque a última palavra é do STF.

Piada.

Como se fosse possível colocar na lata do lixo a luta contra a corrupção que a sociedade brasileira vem travando e apoiando nestes últimos anos, em nome de uma pretensa governabilidade.

O passado recente nos prova que fazer acordo com bandidos pode dar muito errado.

O PT, Renan Calheiros e Flávio Bolsonaro são radicalmente contrários que se investigue o STF.

Por que será?

Outro que é contrário chama-se Fernando Bezerra, senador do MDB e líder do governo. “Sou contra a iniciativa de instalação da CPI. Tenho a compreensão de que o Senado não tem prerrogativa constitucional para investigar atos do STF ou de qualquer um dos seus membros.”

Bezerra é o “novilho” ou “charada” nas listas de propina da Odebrecht.

Antes de ser bolsonarista, ele foi lulista, dilmista e socialista.

Embora seja cada vez maior o número de pessoas que se deram conta de que não investigar corruptos violenta toda a luta dos brasileiros nestes últimos anos, ainda existem alguns incautos a espalhar essa tese furada nas redes.

E se a CPI descobrir que existem membros corruptos do Supremo? E se a CPI descobrir que cometeram crimes graves? E se a CPI escrutinar membros de cortes superiores e expuser coisas incompatíveis com a função?

Diante disso, a sociedade aceitará calada, passiva, a usurpação do poder?

Lógico que não.

Haverá muita pressão e os resultados poderão vir. O poder emana do povo e será possível continuar a limpeza.

Na manhã de hoje, o jurista Modesto Carvalhosa fez uma publicação em apoio à CPI da Lava Toga.

Há alguns dias, o senador Major Olímpio (PSL) também defendeu enfaticamente a instalação da CPI. Ele aliás, está em rota de colisão com Flávio Bolsonaro, senador do PSL e filho do presidente, que atua nos bastidores para sepultar a possibilidade de CPI. Recentemente Flávio foi beneficiado com uma liminar de Dias Toffoli, presidente do órgão.

O senador gaúcho Lasier Martins (Podemos), que pauta seu mandato pelo combate contra a corrupção, é outro que está lutando para emplacar a CPI.

Então, a quem interessa mesmo não investigar as mais altas cortes de justiça?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *