Insira sua pesquisa e pressione ENTER

77% DAS EMPRESAS ACHAM QUE VÃO SOFRER ALGUM CIBERATAQUE

O relatório “O estado da cibersegurança industrial em 2018”, produzido pela Kaspersky Lab, revelou que 77% das empresas do ramo industrial acreditam que podem ser alvo de ciberataque e que 65% delas que os riscos de segurança em sistemas de controle industrial (ICS) são maiores do que os relacionados a Internet das Coisas (IoT). O documento indica também que existe uma contradição muito grande dentro do setor já que a maioria das  corporações estão investindo na Tecnologia da Informação (TI) para impulsionar a eficiência de seu processo  industrial, mas não na segurança de suas redes. 

Os dados indicam que, embora 51% das indústrias afirmem que não foram afetadas por nenhum incidente de cibersegurança no último ano, 48% delas admitem que não tem nenhuma medida em vigor para monitorar se houve de fato algum ataque a sua rede de controle industrial. Para a Kaspersky Lab, isso significa que as empresas estão se expondo a um grande risco, pois um possível ataque pode prejudicar a confiança dos clientes, as oportunidades de negócios, além de causar danos a produção. 

De acordo com o relatório, apesar do nível de preocupação com a segurança cibernética ter aumentado, nos últimos 12 meses 64% das empresas sofreu ao menos um ataque convencional de malware ou vírus em seus ICSs. Além disso, 20% das companhias disseram que seus prejuízos financeiros cresceram após algum incidente relacionado com a cibersegurança. 

A Kaspersky Lab revelou também que 30% das empresas sofreram um ataque de ransomware e que 27% tiveram seu ICS violado por conta de erros atribuídos a algum funcionário. Diante desse cenário, 54% das companhias acreditam que o aumento dos riscos associados à conectividade e à integração de ecossistemas de IoT será o principal problema a ser enfrentado no próximo ano. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *