Insira sua pesquisa e pressione ENTER

14,7% das famílias estão à beira da inadimplência

Um levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) indicou que o total de famílias muito endividadas atingiu 14,7% em junho, o que equivale a 1,7 milhão de famílias. Ela [a família] pode estar superendividada, mas ela pode estar pagando em dia, nada impede que isso aconteça. É difícil porque quando a família está superendividada o risco de inadimplência aumenta muito”, analisou, Izis Janote Ferreira, economista da CNC.

“Fica muito difícil a gente pensar que o superendividamento nunca vai se traduzir em inadimplência. Pode acontecer. E quanto maior for o nível de endividamento daquela família ou quanto maior for a parcela da renda comprometida com dívidas, também aumenta o risco da inadimplência, existe uma correlação”, completou.

A pesquisa da CNC mostra que 69,7% das famílias relataram ter dívidas. “É uma proporção que vem crescendo mês a mês desde o ano passado, segundo a série. É considerado um percentual elevado, o mais alto da série histórica, que começa lá em janeiro de 2010”, explicou Izis.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *