Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Em tempos de pandemia, é preciso desconfiar das fraudes

Em tempos de pandemia, criminosos tentam se aproveitar da insegurança e medo da população para aplicar golpes e roubar dados e é preciso desconfiar das fraudes. Foi isso que afirmou Joel Nunes, que é consultor de pré-vendas da NICE Actimize, em um texto que foi publicado no portal especializado itforum365.com.br.

“Os criminosos têm se passado por integrantes de agências de saúde para aplicar golpes de engenharia social, incluindo e-mails e pedidos de doações falsos, bem como chamadas telefônicas fraudulentas. Os golpes de Phishing, Smishing e Vishing estão mais fortes do que nunca. Mas você sabe como diferenciá-los?”, indaga.

Para evitá-los é preciso estar atento aos principais, que são os Phishings, mensagens falsas enviadas para “pescar” as possíveis vítimas. Nesse cenário existem dois tipos principais, o Smishing e o Vishing. Enquanto o primeiro ocorre por mensagens, o segundo é realizado por meio de ligações.

“Também são comuns golpes entre vendedores e compradores, por meio de aplicativos de pagamentos ou transferências imediatas, feitas por TED. Com a pandemia, os fraudadores estão ‘vendendo’ produtos sob alta demanda, utilizando meios de pagamento que dificultam ou impossibilitam o rastreio ou identificação das pessoas”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *