Insira sua pesquisa e pressione ENTER

1.160 médicos recebem dose de reforço contra a Covid-19 no Simers

O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) em parceria com a Unimed Porto Alegre, Secretaria e Vigilância em Saúde da Capital organizaram mais uma rodada de vacinação contra o coronavírus. A campanha, destinada aos médicos associados do Simers reuniu 1.160 profissionais neste sábado, 6, e que haviam recebido a segunda dose até 06 de maio de 2021 e cadastrados via portal junto à Entidade médica até o último dia 03 de novembro.

Para o presidente da entidade, Marcelo Matias, “o Simers renova seu compromisso na defesa do médico. Essa campanha é o esforço da Entidade junto ao Ministério da Saúde, e que hoje, torna-se realidade mais uma vez”, disse. Ele também ressaltou o importante papel da parceria com a Unimed Porto Alegre, responsável pela equipe de vacinadores e toda a estrutura técnica, além da cooperação por parte da Vigilância e da Secretaria da Saúde do município.

Durante a pandemia, o Simers intensificou o trabalho de defesa à proteção e saúde dos médicos e realizou uma ampla mobilização junto aos órgãos de todas as esferas governamentais, tanto para realizar as duas primeiras doses quanto para essa vacinação de reforço; além de providenciar uma série de ações que possibilitaram assessoria Jurídica permanente aos médicos da linha de frente, campanha e efetivas providências para disponibilidade de EPIs e insumos e estrutura ao trabalho médico.

O vice-presidente do Simers, Marcos Rovinski também acompanhou o evento. Ele descreveu a campanha como “uma ação promissora para dias melhores”. _“A importância da manutenção dos protocolos de saúde, bem como a dose de reforço junto aos médicos, tem como meta trazer dias melhores a todos”, ilustrou.

“Essa ação é muito importante pois, além de salvar vidas, ela conscientiza mais uma vez a todos”, afirmou Cristina Sperhacke Bianchesse, uma das médicas vacinadas na campanha deste sábado.

Solidariedade

Outro importante ponto desse dia de vacinação foi o início da campanha “A Solidariedade não pode acabar”, que irá destinar alimentos, roupas e brinquedos à instituições carentes de Porto Alegre. A ação, organizada pelo NAS (Núcleo Acadêmico do Simers e Unimed, arrecadou 150 kg em alimentos e 200 peças de roupas que foram doados pelos médicos que se vacinaram hoje. “Para quem doa pode significar pouco, mas quem está na outra ponta, recebendo o mantimento, representa muito”, disse Bruno Ledur, diretor do Simers e ex-integrante do NAS.

(fonte: SIMERS)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *